Museu Municipal

Cadastre-se

receba novidades



MUSEU MUNICIPAL DE CACHOEIRA DO SUL - Patrono Edyr Lima

Rua 15 de novembro, 364

CEP 96.508 - 750

Cachoeira do Sul - RS

Telefone:(51)3724.6017

Contatos:

museu@cachoeiradosul.rs.gov.br

pesquisamuseucachoeira@gmail.com

Histórico do Município



Datas da nossa história

Datas da nossa história

DEZEMBRO:         

                                    

-          1946, dia 2: fundação da Biblioteca Pública Municipal “Dr. João Minssen”. Criada pelo Decreto-Lei n.º 59, teve como primeiro diretor o Dr. João Minssen. Inicialmente, foi instalada em um prédio da Rua 7 de Setembro, onde hoje está a agência do BRADESCO. Em 11 de dezembro de 1982, foi transferida para a atual Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha, quando lá funcionava a Escola Superior de Artes “Santa Cecília”, ocupando instalações mais adequadas à leitura e pesquisa. No ano de 1983 foi inaugurada a “Sala Alzira da Cunha Carlos”, destinada ao público infantil e, posteriormente, a Seção Rio Grande do Sul que reúne o acervo bibliográfico referente ao nosso Estado. Nesta época, a Biblioteca Pública ocupava o prédio situado na Rua Moron, esquina com General Portinho. Desde 1998 a Biblioteca Pública está instalada na Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha e oferece ao público Hora do Conto em emissoras de rádio, em sua própria sede e nas escolas, sessões de autógrafos com autores, sessões de vídeo, oficinas, palestras literárias, exposições e atividades relativas a datas comemorativas, teatro de fantoches, exposições bibliográficas, Festival Municipal de Teatro e a Feira do Livro, um dos maiores eventos culturais da cidade. A Biblioteca Pública Municipal “Dr. João Minssen” foi reconhecida no ano de 2004 como uma das bibliotecas-modelo do Rio Grande do Sul.

 

-          1981, dia 8:  criação do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico-Cultural – COMPAHC pelo Decreto-Municipal n.º 389, órgão de assessoramento e colaboração como a administração municipal nos assuntos relacionados ao patrimônio histórico-cultural, com o objetivo de preservá-lo e, quando necessário, orientar sua recuperação. Em Cachoeira do Sul considera-se como patrimônio histórico-cultural o conjunto de bens móveis e imóveis existentes em seu território e que, por sua vinculação a fatos pretéritos memoráveis e a fatos atuais significativos, ou por seu valor cultural, seja de interesse público conservar e proteger contra a ação destruidora decorrente da atividade humana e do passar do tempo. Ao longo de sua existência o COMPAHC desenvolveu ações de conscientização da importância da preservação e promoveu o tombamento dos seguintes prédios: Catedral Nossa Senhora da Conceição, Prefeitura Municipal, Jardim de Infância do Colégio Sinodal Barão do Rio Branco, Casa de Cultura Paulo Salzano Vieira da Cunha, Câmara Municipal, fachada do Residencial União de Moços, Knorr & Eisner (antigo UNIBANCO), primeiro prédio do Hospital de Caridade e Beneficência, fachada do Cine Teatro Coliseu, Casa da Aldeia e Estação Férrea de Ferreira.

 

-          1930, dia 10: nomeação do primeiro Prefeito Municipal de Cachoeira (antes os administradores municipais chamavam-se Intendentes), Dr. Leopoldo Ribeiro dos Santos Souza, cuja posse ocorreu em 15 de dezembro. Leopoldo Souza nasceu na cidade de Cachoeira, Estado da Bahia, em 15 de novembro de 1876. Transferiu-se para Cachoeira do Sul, onde por mais de trinta anos dedicou-se ao plantio de arroz. Idealista que sempre foi, tomou parte ativa na revolução de 1930, tendo após assumido a chefia do Governo Municipal de Cachoeira do Sul como seu primeiro Prefeito. Em 1934 foi residir em Porto Alegre, onde faleceu no dia 20 de setembro de 1954. Leopoldo Souza era genro de outro importante cachoeirense, Dr. Ramiro Fortes de Barcellos.

 

-      1859, dia 15: concessão do foro e da denominação de Cidade à sede do Município de Cachoeira. A primeira sessão da Câmara Municipal sob a condição de cidade se deu em 10 de janeiro de 1860, presidida pelo vereador Miguel Cândido da Trindade.

 

-          1978, dia 15: fundação do Museu Municipal de Cachoeira do Sul – Patrono Edyr Lima, instalado oficialmente em 5 de junho de 1979, sendo sua primeira diretora a Professora Lya Wilhelm. A primeira sede do Museu ficava na Rua Comendador Fontoura, 146. A partir de 13 de dezembro de 1986 o Museu passou a integrar o complexo denominado Parque Municipal da Cultura, inaugurado naquela data e composto também pelo Jardim Botânico e Zoológico Municipal. Instituição mantida pelo Executivo Municipal e subordinada ao Núcleo Municipal da Cultura, o Museu Municipal, de caráter histórico e antropológico, está direcionado ao estudo e pesquisa da história de Cachoeira do Sul, à proposta museológica Museu – educação; à linha cultural social e de iniciativa comunitária; à educação patrimonial; à visão contextualizada, global e transdisciplinar da história, com a perspectiva de Museu inserido numa sociedade de informação. A história de Cachoeira do Sul, objeto permanente das pesquisas do Museu Municipal, cujos temas são definidos a partir das necessidades e interesses imediatos da comunidade, é divulgada através de exposições, publicações, cursos, palestras, comunicações em encontros e seminários. Atualmente sua direção está a cargo da Prof.ª Márcia Rosana Severo Patel.

 

-          1955, dia 29: estreia do Coral Dinah Néri – CORDINE – em apresentação no Cine Ópera Astral, sob a direção da maestrina Dinah Néri Pereira. Dinah Néri Pereira nasceu em Dona Francisca em 1917 e faleceu em Porto Alegre a 14 de janeiro de 1978. Foi professora de música em diversas escolas e regente de corais, tais como Coral Infantil e Coral Misto da Escola Estadual João Neves da Fontoura; Orfeão do Instituto de Educação General Flores da Cunha; Coral do 3.º Batalhão de Engenharia de Combate. Foi professora de música na Escola Normal João Neves da Fontoura, da Escola Superior de Música de Blumenau – SC. Foi também solista de obras sinfônicas, como cantora, acompanhada pela OSPA – Orquestra Sinfônica de Porto Alegre. Gravou dois LPs. Recebeu o diploma de Amigo da Marinha, 1968; Medalha da Cruz de Ferro (primeira mulher a receber esta condecoração), 1973; e o Troféu Academia de Polícia Militar, 1977. O Museu Municipal tem, em seu acervo, um bom material de Dinah N. Pereira.

 

 

 

 

 





Fotos e Galerias



S-museu S-Info Webmail

 

Horário de Visitação ao Público:

Terça a sexta-feira :Manhã: 8:30 às 11:30 Tarde: 14:00 às 17:00

Sábados e domingos: Tarde: 14:00 às 17:00

Agendamentos para visitação mediada:  pelo telefone: (51) 3724-60-17 ou no Museu

Dias da semana: 3ª e 6ª feira: manhã- 9h e tarde - 14h.

S-Maq